Polícia

Motorista é agredida por se recusar a transportar passageira sem máscara

Vítima denunciou caso à Polícia Civil

Renan Nucci Publicado em 06/06/2021, às 11h43

Foi registrado boletim de ocorrência na Deam
Foi registrado boletim de ocorrência na Deam - Divulgação

Uma motorista de aplicativo de 37 anos procurou a Polícia Civil neste domingo (05), em Campo Grande, depois de ter sido agredida ao se recusar a transportar uma passageira sem máscara de proteção. O caso foi denunciado à Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher), na Casa da Mulher Brasileira.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima disse que a passageira embarcou com destino da Vila Palmira ao bairro José Abrão, acompanhada de uma criança. No percurso, a mulher aparentava estar alcoolizada, retirou a máscara e disse que não iria usar. 

Neste sentido, a motorista parou o carro e explicou que não iria continuar o trajeto até que a máscara fosse recolocada. A passageira se irritou e deu início às agressões, puxando a vítima pelos cabelos e dando socos no rosto dela.

A motorista pediu ajuda a colegas que conseguiram apaziguar a situação. Ela repassou dados da passageira à Polícia Civil e o caso foi registrado como vias de fato.

Jornal Midiamax