Na noite de domingo (7), homem de 35 anos foi preso em flagrante e outros dois, de 22 e 41, foram denunciados por espancarem outro homem, de 31 anos. A vítima tentava defender a esposa do trio, que assediou a mulher na frente de casa em Rio Brilhante, a 158 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro policial, marido e mulher estavam na quitinete onde vivem, quando ela foi até a calçada pelo corredor do conjunto de casas. Assim que saiu e foi para a rua, ela passou a ser assediada pelos três suspeitos, quando o marido foi até eles e exigiu que parassem e respeitassem a mulher.

Neste momento, os três homens começaram a agredir a vítima com socos, chutes e capacitadas. O homem correu para dentro de casa, mas foi seguido e acabou conseguindo se esconder na casa de uma vizinha. Os suspeitos continuavam batendo no portão, dizendo que eram policiais militares.

A testemunha gritou que chamaria a Polícia Militar, quando o homem de 35 anos sacou uma arma de fogo e atirou para cima. O trio fugiu em seguida, em uma Hilux preta e a polícia foi acionada. Equipe foi até a casa de um dos suspeitos, que foi levado para a delegacia. Os outros dois também acabaram identificados e responderão pela lesão corporal dolosa.

O homem de 35 anos ficou preso em flagrante, por conta do disparo de arma de fogo.