Uma grávida de 8 meses e sua amiga acabaram presas nesta terça-feira (9), em Campo Grande, quando tentavam embarcar com duas malas cheias de tabletes de maconha envoltas em cobertores. Elas foram contratadas pelo Facebook.

As duas amigas foram paradas por um agente da Polícia Federal no aeroporto que desconfiou do peso das malas, e ao abrir verificou que na bagagem estavam vários tabletes de maconha envoltos em cobertores. Elas confessaram o crime de tráfico de drogas e disseram que a droga seria levada para a cidade de Goiânia.

As mulheres contaram que foram contratadas pelo Facebook por uma pessoa com o nome de ‘proteção divina’, que acertou a compra das passagens e a entrega a uma pessoa desconhecida no aeroporto de Goiânia. Pelo serviço cada uma delas receberia o valor de R$ 1 mil.

As duas disseram que estão desempregadas. Elas passam por audiência de custódia nesta quarta-feira (10), quando deve ser determinada ou não a prisão preventiva delas.