Polícia

Golpistas do ‘cartão clonado’ dão prejuízo de R$ 13 mil a comerciante

Comerciante caiu no golpe do cartão clonado e teve prejuízo de aproximadamente R$ 13 mil em Chapadão do Sul, município distante 330 quilômetros de Campo Grande. Como os suspeitos ainda estariam agindo naquela região, incluindo as cidades de Cassilândia, Paranaíba e Aparecida do Taboado, a Polícia Militar emitiu alerta para evitar mais vítimas. Conforme apurado, […]

Renan Nucci Publicado em 03/02/2021, às 13h19

Marcos Ermínio, Midiamax
Marcos Ermínio, Midiamax - Marcos Ermínio, Midiamax

Comerciante caiu no golpe do cartão clonado e teve prejuízo de aproximadamente R$ 13 mil em Chapadão do Sul, município distante 330 quilômetros de Campo Grande. Como os suspeitos ainda estariam agindo naquela região, incluindo as cidades de Cassilândia, Paranaíba e Aparecida do Taboado, a Polícia Militar emitiu alerta para evitar mais vítimas.

Conforme apurado, os criminosos foram ao estabelecimento comercial do homem e alegaram que o cartão dele havia sido clonado. Por este motivo, solicitaram que ele entregasse o cartão com dados, para que fosse feito envio via malote até Campo Grande, onde a instituição financeira faria o cancelamento e destruição o mais rápido possível.

Acreditando na história, a vítima atendeu ao pedido e repassou tudo. Mais tarde, soube que foram feitas compras na ordem de R$ 13 mil em seu nome. Os suspeitos aparentam ser do Rio de Janeiro, por conta do sotaque carioca, e estariam em um automóvel Corsa branco. Eles se hospedam em hotéis e sempre se passam por agentes bancários ou policiais.

Jornal Midiamax