Faltando apenas 15 dias para o show de Madonna em Copacabana, fãs campo-grandenses da diva pop estão nos últimos preparativos para viajarem ao e curtirem o evento, considerado um “momento histórico”. Com passagens compradas, e até reservas de hotel feitas, a ansiedade toma conta à medida que a data se aproxima. O show está marcado para o dia 4 de maio.

Eduardo Rafael, 31 anos, já imaginava que a cantora viria ao Brasil assim que anunciou a turnê ‘The Celebration Tour'. Na expectativa, criou um grupo no junto com o seu marido e um amigo, que também são fãs de Madonna, para acertarem detalhes de compras de ingresso.

“Estava me programando com meu marido, nós dois somos fãs. Já tinha um grupo no WhatsApp, com outro amigo, pronto para a gente debater a compra de ingressos, só esperando ela anunciar. Mas eu jamais imaginei que ela ia fazer um show gratuito em Copacabana”, contou.

A mesma surpresa teve o arquiteto Julio Botega, 37 anos, que custou a acreditar que a cantora viria mesmo se apresentar em Copacabana. “A princípio pensei que fosse brincadeira, depois fiquei extasiado em pensar que participarei de algo histórico, uma lenda viva, em um show único e com a paisagem do Rio de Janeiro ainda. Ou seja, algo incomparável”, contou.

Passagens compradas e reservas feitas

As passagens de Eduardo e seu marido foram compradas na promoção, logo quando o show foi anunciado, e o Airbnb, que fica a 800 metros de Copacabana, será divido com uma amiga de , que os encontrará na ocasião. As passagens de volta, porém, estão caras e o casal espera achar um valor menor para comprá-las até a data do evento.

“Comprei as passagens de ida numa promoção da companhia aérea. As passagens de volta não consegui comprar ainda porque estão muito caras e os horários estão muito ruins. Então estou esperando uma promoção, esperando abaixar o preço. Estou olhando todos os dias, toda hora para eu conseguir comprar a passagem de volta”, explicou.

Júlio Botega também comprou as passagens assim que os boatos começaram, e mesmo sem ter a confirmação do show, fez a pré-reserva do hotel. “Assim que surgiram os boatos, mesmo correndo risco de ela não vir, comprei a passagem e fiz uma pré-reserva de hotel, então consegui preços razoavelmente melhores do que agora, após a confirmação”, contou.

Júlio Botega em ao Rio de Janeiro. (Arquivo Pessoal)

Expectativas altas

Eduardo é fã da Madonna desde 2012, quando a cantora lançou seu álbum MDNA. Com 20 anos na época, gostava muito de ir em baladas, locais onde as músicas da cantora estavam sempre tocando.

“Estava naquela vida de sair muito, sair para sempre, e por isso eu passei a ouvir as músicas dela porque como ela tinha lançado um álbum novo, as músicas tocavam nas festas e eu gostei de uma ou outra música e fui ouvir o álbum. Passou pouco tempo e eu tinha ouvido todos os álbuns dela”, relembrou.

Na última passagem da cantora pelo Brasil, em 2012, Eduardo não teve a oportunidade de ir ao evento, e dessa vez estava determinado a assistir ao show.

“É um momento histórico, então decidi que eu vou, mesmo que eu chegue lá e nem consiga ver ela, que tenha uma multidão muito grande e eu fique lá para atrás, mesmo com todas as incertezas, eu penso que não posso perder essa oportunidade igual eu perdi em 2012”, disse.

Eduardo Rafael possui quadro da cantora, de quem é fã desde 2012. (Arquivo Pessoal)

Júlio também não conseguiu ir ao show em 2012, e o arrependimento existe até hoje. Por isso, dessa vez não vai deixar a oportunidade escapar. Fã de Madonna desde criança, está com expectativas altas em relação ao show, que vai assistir junto com o namorado e mais cinco amigos. “Sabemos que não veremos ela de perto e também estou preocupado e com um pouco de medo da violência urbana que possa acontecer, mas pensando que será um momento único e mágico”, comentou.