Estelionatário identificado apenas como W.Z.M.R., 28 anos, foi indiciado pela Polícia Civil da 6ª Delegacia de , após aplicar golpes através do anúncio de um carro na internet. Ele teria oferecido o veículo para várias pessoas simultaneamente, cobrava adiantamento para assegurar a venda e não entregava o produto. Um casal chegou a efetuar a compra à vista.

Conforme nota, por meio das redes sociais, o investigado publicou a oferta de um Fiat Uno 2006 por R$ 6 mil. Várias pessoas que se interessaram foram enganadas. O suspeito pedia um sinal antes de fazer a entrega e jamais repassava o veículo. Um casal, no entanto, pagou R$ 5,1 mil e recebeu o Uno. O golpista afirmava que o carro seria de uma tia dele e que não tinha irregularidades.

As informações eram de que apenas o 2020 não havia sido pago. Contudo, ao acionar o (Departamento Estadual de Trânsito), as vítimas constataram que havia cerca de R$ 4 mil em débitos no carro. O casal então conseguiu localizar o suspeito solicitando desfazer o negócio, mas ele os convenceu de que pegaria o carro de volta, o venderia novamente e os ressarciria.

O casal inicialmente não aceitou, pois sabia que outras pessoas seriam enganadas. Contudo, o estelionatário disse que estava avisando que o carro tinha restrições e que quem comprasse saberia dos débitos. Ele então combinou uma nova venda, com outro comprador, e acertou de fazer a entrega na prefeitura. Lá, recebeu o dinheiro e disse para a vítima ir ao pátio buscar o carro.

No entanto, ao chegar no pátio, esta vítima constatou que o casal não estava lá e constatou ser golpe. Neste sentido, foi descoberto que ao longo das trativas ele mentiu tanto para o casal quanto para o novo comprador. A situação foi denunciada à Polícia Civil que conseguiu identificar o autor e indiciá-lo por . A polícia vai pedir a prisão preventiva.