Casal de caminhoneiros, de 37 e 50 anos, foi mantido refém por sete horas nesta segunda-feira (1) após serem chamados para fazer um frete em , fronteira do Estado com a . Parte dos bens roubados foi recuperada e um dos autores presos.

Conforme o registro policial, o casal é da cidade de Ivaiporá-PR e um dos autores entrou em contato com a mulher por aplicativo de mensagem. Às 8h, ao chegarem no local combinado, eles afirmam terem sido recebidos por uma mulher de cabelo vermelho, rendidos por outros dois homens armados e deixados em um cômodo da residência.

Em seguida, por volta das 15h, quando perceberam que não tinha mais movimentação no imóvel, conseguiram se soltar e acionar socorro ligando para o Corpo de Bombeiros. A Polícia Militar também foi acionada para procurar os suspeitos.

Ainda nesta segunda-feira, os policiais receberam uma denúncia anônima de que o caminhão estava próximo ao Anel Viário da cidade. Chegando ao local do cárcere, a proprietária apresentou mensagens trocadas com um suposto contratante. Ela disse ter alugado o imóvel para uma festa de 15 anos e apresentou mensagens.

Na foto do perfil, uma vizinha do local reconheceu a corrente usada por um dos homens no momento do . Contudo, as vítimas não reconheceram os dois homens e a mulher, uma vez que durante o cárcere ordenaram que não olhassem para seus rostos.

Após diligências, os policiais encontraram um dos autores dirigindo uma Toyota e nada foi encontrado. Contudo, o homem, de 34 anos, estava com uma pistola com cinco munições intactas. Além disso, o trio ainda conseguiu roubar dois pneus novos, os celulares do casal, o par de alianças, um par de tênis e R$ 3.200 em espécie. O autor identificado foi preso e encaminhado à DP (Delegacia de Polícia) de Corumbá.