Polícia

Resgatado após pular em córrego, homem alega que era perseguido pelo PCC

Após ser resgatado, o homem que estava no córrego da Avenida Ernesto Geisel, na tarde desta quinta-feira (17), alegou que estava sendo perseguido. Ele contou aos bombeiros que teria sofrido perseguições pelo PCC (Primeiro Comando da Capital). Foi esclarecido pelo tenente Bruno Lachi, do Corpo de Bombeiros, que o homem pulou dentro do córrego. Com […]

Renata Portela Publicado em 17/09/2020, às 15h27 - Atualizado em 18/09/2020, às 08h48

O homem foi resgatado (Foto: Leonardo França, Midiamax)
O homem foi resgatado (Foto: Leonardo França, Midiamax) - O homem foi resgatado (Foto: Leonardo França, Midiamax)

Após ser resgatado, o homem que estava no córrego da Avenida Ernesto Geisel, na tarde desta quinta-feira (17), alegou que estava sendo perseguido. Ele contou aos bombeiros que teria sofrido perseguições pelo PCC (Primeiro Comando da Capital).

Foi esclarecido pelo tenente Bruno Lachi, do Corpo de Bombeiros, que o homem pulou dentro do córrego. Com isso, populares acionaram Polícia Militar e os bombeiros, que conversaram com a vítima. Então, com uso de escada fizeram o resgate.

Ainda dentro do córrego ele chegou a conversar com os militares e contou que estaria sofrendo perseguições pelo PCC. Também aparentemente o homem estava transtornado. Assim, ele foi socorrido e deve ser encaminhado para unidade hospitalar.

Jornal Midiamax