A PMA ( Ambiental) fiscalizou mais de 13 toneladas de peixes em peixarias e comércio de pescado durante operação Big Fish nas cidades de , Aquidauana, Anastácio e Bataguassu.

Segundo a PMA, esta primeira fase da operação chamada de “Big Fish”, aconteceu como uma vertente da operação Corpus Christi, voltada à das atividades que de alguma forma têm envolvimento com o comércio pesqueiros. Foram feitas fiscalizações em seis peixarias em Coxim, Aquidauana, Anastácio e Bataguassu.

Ainda de acordo com a PMA, mesmo não tendo encontrado irregularidades, trata-se de um trabalho importante na prevenção à pesca ilegal. Durante a fiscalização, foi verificado que grande parte do pescado nos estabelecimentos é proveniente de importação da bacia amazônica.

O Comando da PMA alerta às pessoas que adquirem pescado, que prestem bastante atenção na origem. Compre peixe de locais autorizados, que se possam comprovar a origem e exija a do produto. Não compre de ambulantes, ou em beira de estradas, pois, as penalidades para quem comercializa, beneficia, adquire, transporta, ou pratica pesca predatória são extremamente restritivas.