Um empresário douradense, 50 anos , preso em dezembro do ano passado no interior paulista, com 31 quilos de cocaína e 50 cartuchos de pistola calibre 9 milímetros foi condenado a oito anos e cinco meses de prisão em regime fechado. A sentença foi dada pelo juiz Francisco José Dias Gomes, da 2ª Vara Judicial de Pirapozinho (SP).

Ele  já perdeu dois recursos no STJ (Superior Tribunal de Justiça) e vai continuar na cadeia. De família tradicional e muito conhecido em Dourados, SP- 272, a Rodovia Olímpio Ferreira da Silva, no município de Pirapozinho. Ele foi flagrado em trabalho conjunto da Polícia Federal e PRF (Polícia Rodoviária Federal) com apoio da Polícia Militar Rodoviária paulista.

Segundo informações da polícia, com ele foi  encontrada uma caixa de munição no porta-luvas da caminhonete, umaa Toyota Hilux preta. Como o empresário já estava sendo investigado, os policiais vistoriaram o veículo e encontraram a cocaína no estepe.

Dias antes de  ser  flagrado com cocaína, o douradense já tinha sido abordado duas vezes  por agentes da PRF em Dourados, sem o estepe da caminhonete.