Polícia

Mulher é presa com cocaína em papelão enrolado junto ao corpo na fronteira

Ação conjunta entre a Polícia Militar e a Receita Federal do Brasil terminou com duas apreensões de drogas em Corumbá, a 429 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com a Bolívia, durante o feriado prolongado. Uma delas foi uma brasileira de 24 anos que estava com quatro quilos de cocaína anexados em um papelão preso […]

Renan Nucci Publicado em 14/10/2019, às 13h56

Suspeita presa em ação da PM e da Receita. Foto: Divulgação
Suspeita presa em ação da PM e da Receita. Foto: Divulgação - Suspeita presa em ação da PM e da Receita. Foto: Divulgação

Ação conjunta entre a Polícia Militar e a Receita Federal do Brasil terminou com duas apreensões de drogas em Corumbá, a 429 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com a Bolívia, durante o feriado prolongado. Uma delas foi uma brasileira de 24 anos que estava com quatro quilos de cocaína anexados em um papelão preso junto ao corpo.

Na sexta-feira (11), ela tentava entrar no país em um táxi boliviano. O veículo foi abordado no Posto Esdras, ocasião em que a passageira passou a demonstrar nervosismo, levantando suspeita dos policiais. Durante revista, a equipe encontrou a droga presa ao abdômen dela. A mulher afirmou que receberia R$ 4 mil para entregar na Capital.

Neste domingo (13), uma boliviana de 33 anos também foi flagrada tentando atravessar a fronteira para o Brasil dentro de um táxi. Durante vistoria nas bagagens dela, a polícia encontrou 4,2 quilos de cocaína em meio às roupas. Assim como a outra, ela também receberia R$ 4 mil pelo transporte, mas entregaria a droga na cidade de Bauru (SP).

Jornal Midiamax