Polícia

Matrix, líder do PCC na fronteira com MS, é preso pela polícia paraguaia

Foi preso durante a madrugada desta sexta-feira (8), no Paraguai Thiago Ximenes, o ‘Matrix’ líder da facção criminosa PCC (Primeiro Comando na Capital), na fronteira. Ele fugiu de um cerco no dia 5 deste mês, quando Reinaldo de Araújo também integrante da facção foi morto em um confronto. A operação para prender ‘Matrix’ começou por […]

Thatiana Melo Publicado em 08/03/2019, às 08h20 - Atualizado às 18h07

None

Foi preso durante a madrugada desta sexta-feira (8), no Paraguai Thiago Ximenes, o ‘Matrix’ líder da facção criminosa PCC (Primeiro Comando na Capital), na fronteira. Ele fugiu de um cerco no dia 5 deste mês, quando Reinaldo de Araújo também integrante da facção foi morto em um confronto.

A operação para prender ‘Matrix’ começou por volta das 3 horas da madrugada desta sexta (8). Ele foi encontrado a 1 mil metros do local onde Reinaldo foi morto em confronto com os policiais paraguaios. Armamento e carros foram encontrados com ele.

Segundo o site ABC Color, o governo paraguaio agora deve expulsar do país ‘Matrix’.

Thiago Ximenez foi preso em 2014, em Ciudad del Este, pela participação em assalto a um carro-forte. Condenado a 20 anos de prisão em território paraguaio, ele já havia fugido de outro presídio daquele país com outros 12 criminosos.

‘Matrix’ assumiu o comando do PCC na fronteira após a prisão do ex-líder Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o ‘Minotauro’, no início de fevereiro, em Camboriú, no litoral de Santa Catarina.

Jornal Midiamax