Polícia

Boas Festas: Reforço policial em dezembro deve contar com novas viaturas

Na manhã desta sexta-feira (6), foi lançada a Operação Boas Festas, que reforça o policiamento em Campo Grande e nas cidades do interior do Estado durante todo o mês de dezembro, até 5 de janeiro. Ao todo, 3,5 mil militares atuarão na segurança da população, já que nesta época do ano há maior circulação de […]

Renata Portela Publicado em 06/12/2019, às 09h50 - Atualizado às 11h46

Reforço na região central ocorre durante todo o mês (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)
Reforço na região central ocorre durante todo o mês (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax) - Reforço na região central ocorre durante todo o mês (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Na manhã desta sexta-feira (6), foi lançada a Operação Boas Festas, que reforça o policiamento em Campo Grande e nas cidades do interior do Estado durante todo o mês de dezembro, até 5 de janeiro. Ao todo, 3,5 mil militares atuarão na segurança da população, já que nesta época do ano há maior circulação de pessoas e dinheiro nos comércios. Uma possível entrega de novas viaturas foi comentada durante o lançamento.

Boas Festas: Reforço policial em dezembro deve contar com novas viaturas
Secretário Antônio Carlos Videira (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

O lançamento da operação aconteceu 8 horas na Praça Ary Coelho, no Centro da Capital. O secretário Antônio Carlos Videira, da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) afirmou que será feito um reforço no policiamento de trânsito. Segundo ele, muitas vidas são perdidas no trânsito e as festividades de 2019 não deverão ser marcadas por tragédias. Ele também relembrou o indulto de Natal, em que presos deixam as unidades para passarem a festividade com as famílias. “Vamos garantir que eles possam voltar de onde saíram”.

Ele ainda revelou que conversou com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na quinta-feira (5) e foi autorizada a compra de 70 novas viaturas, que devem ser disponibilizadas a partir de abril de 2020. No entanto outras 43 viaturas já estariam prontas para serem entregues ainda este ano. Videira também fez o pedido de aumento de 50% do combustível do helicóptero da Polícia Militar, para atuar em ações na Capital e interior.

O comandante da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, falou que ao todo mil militares atuarão em Campo Grande e 2,5 mil no interior. Policiais que atuam nos setores administrativos foram convocados, sendo 150 na Capital, e 300 no interior.

Boas Festas: Reforço policial em dezembro deve contar com novas viaturas
Comandante Waldir Ribeiro Acosta (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Na 14 de Julho o reforço da segurança por parte da GCM (Guarda Civil Metropolitana) já havia sido anunciado. A Polícia Militar agora estará empenhada em todo o quadrilátero central, mas também atuará nos corredores de comércio em bairros da cidade, como nas Moreninhas, Júlio de Castilho e Nova Lima.

Cada batalhão atuará conforme os comandantes acharem necessário neste período de aumento de efetivo. O coronel pontuou que com o recebimento do 13º há mais pessoas circulando nos comércios, também para comprarem presentes para as festividades. Com isso há necessidade de reforço na segurança.

O comandante da PM ainda pontuou que a PMA (Polícia Militar Ambiental) atuará nas áreas de rios e o policiamento também será reforçado nas fronteiras secas. Ele ainda parabenizou a ação policial que resultou na morte de cinco assaltantes em Coronel Sapucaia, região de fronteira com o Paraguai. O coronel Waldir afirmou que o trabalho conjunto entre forças policiais teve um final positivo.

Por fim o comandante também relembrou as Operações Laburu, realizadas pelo 1º Batalhão na região central, principalmente no entorno da antiga rodoviária. Segundo o comandante, as ações têm apreendido evadidos do sistema prisional e tirado traficantes e usuários de circulação, diminuindo a criminalidade no Centro.

Jornal Midiamax