Polícia

Rapaz que esfaqueou guarda municipal no rosto é transferido para hospital psiquiátrico

A Justiça substituiu a prisão preventiva de Vinicius Costa Marques Cardoso, preso em janeiro deste ano após esfaquear um guarda municipal mais de 100 vezes no rosto, por internação em um centro psiquiátrico da Capital. O parecer foi concedido no último dia 30 de maio. Vinicius foi preso após esfaquear no rosto um guarda municipal […]

Thatiana Melo Publicado em 04/06/2018, às 12h06 - Atualizado em 05/06/2018, às 09h39

None

A Justiça substituiu a prisão preventiva de Vinicius Costa Marques Cardoso, preso em janeiro deste ano após esfaquear um guarda municipal mais de 100 vezes no rosto, por internação em um centro psiquiátrico da Capital.

O parecer foi concedido no último dia 30 de maio. Vinicius foi preso após esfaquear no rosto um guarda municipal de 34 anos, na Praça dos Imigrantes, na região central da cidade.

Durante a ronda, os guardas flagraram um jovem, de 18 anos, em atitude suspeita. O guarda  que estava desarmado – na viatura havia dois armados- desceu para fazer a abordagem.

O autor estava abaixado e, ao se levantar, desferiu os golpes de faca no rosto da vítima, que foi socorrida pelos colegas e levada para a Santa Casa de Campo Grande.

O guarda precisou levar mais de 100 pontos no rosto. O jovem, que já tem passagens pela polícia, chegou a desmaiar durante a imobilização e foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino.

Jornal Midiamax