Polícia

Motorista de aplicativo que abastecia ‘na conta do Abreu’ acaba na delegacia

Segundo caso no mês

Thatiana Melo Publicado em 21/02/2018, às 10h05

None

Segundo caso no mês

Um motorista de aplicativo de 24 anos, acabou na delegacia de polícia nesta terça-feira (20) depois de ser flagrado aplicando um golpe em um posto de combustível, na região central de Campo Grande.

O esquema funcionava da seguinte maneira: o motorista chegava ao posto de combustível e solicitava o abastecimento do carro em nome de uma pessoa, que já possui conta no estabelecimento.

O veículo era abastecido e gerado a comanda do serviço, que depois era enviada para a vítima que não tinha conhecimento do abastecimento. Os nomes de terceiros que tinham contas em postos de combustíveis eram repassados através de ligações e mensagens para os autores.

Nesta terça (20), um motorista de aplicativo foi flagrado quando tentava aplicar o golpe. Ele contou que manteve contato com um homem que passou as coordenadas para ele, e que depois iriam se encontrar para fazer o repasse do dinheiro.

A vítima foi contata e disse não ter autorizado nenhum abastecimento em seu nome.Motorista de aplicativo que abastecia 'na conta do Abreu' acaba na delegacia

No sábado (17) um estelionatário acabou preso após tentar aplicar o mesmo golpe.  Ele também seria integrante de um esquema que aplicava golpes em postos de gasolina usando nomes de clientes que possuíam conta no local. Em dez dias, foram feitos 30 abastecimentos em diversos veículos, causando um prejuízo de R$ 10 mil em apenas um estabelecimento.

O proprietário do posto notou que haviam vários abastecimentos em nome do mesmo cliente. A vítima então, foi conferir os cupons de abastecimento e percebeu que o cliente que abastece em média mil reais por mês já tinha abastecido em torno de R$ 10 mil em dez dias.

Jornal Midiamax