Funcionário de fazenda morre soterrado por sacos de rações em galpão

O corpo de Wagner Aparecido Miranda de Jesus de 53 anos foi encontrado nesta quinta-feira (19), dentro de um galpão em uma propriedade rural na cidade de Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande. O dono da fazenda teria estranhado o fato das luzes da residência onde o caseiro morava ficarem acessas durante o […]
| 20/07/2018
- 12:00
Caso foi registrado na delegacia de Água Clara (Foto: Arquivo)
Caso foi registrado na delegacia de Água Clara (Foto: Arquivo) - Caso foi registrado na delegacia de Água Clara (Foto: Arquivo)

O corpo de Wagner Aparecido Miranda de Jesus de 53 anos foi encontrado nesta quinta-feira (19), dentro de um galpão em uma propriedade rural na cidade de Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande.

O dono da fazenda teria estranhado o fato das luzes da residência onde o caseiro morava ficarem acessas durante o dia e a noite toda. Pai e filho foram até o local para verificarem o que tinha acontecido e acabaram encontrando o corpo de Wagner.

O corpo estava embaixo de vários sacos de rações. Informações do boletim de ocorrência são de que o caseiro ingeria muita bebida alcoólica e estava com problemas de saúde.

A suspeita é de que ele teria tido um mal súbito quando descarregava os sacos de rações, que acabaram caindo em cima dele – 60 quilos. O caso foi registrado como .

 

 

Veja também

Carolina Acevedo Yunis é cunhada do prefeito morto e mãe de Haylee, assassinada em outubro do ano passado

Últimas notícias