Polícia

Após assalto, dono de açaí perseguiu dupla de moto e quase levou tiro

O acidente que resultou na morte de dois assaltantes na noite desta sexta-feira (4) na avenida Gury Marques aconteceu após assalto em uma loja de açaí no bairro Moreninhas II. O Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga divulgou mais detalhes sobre sobre o acontecido.

Mylena Rocha Publicado em 05/05/2018, às 08h45 - Atualizado às 09h41

None

O acidente que resultou na morte de dois assaltantes na noite desta sexta-feira (4) na avenida Gury Marques aconteceu após assalto em uma loja de açaí no bairro Moreninhas II. O Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga divulgou mais detalhes sobre sobre o acontecido.

Dois homens, ainda não identificados e com idades entre 18 e 23 anos, assaltaram clientes e o dono de um estabelecimento de açaí na noite de sexta-feira (4). Os jovens saíram em uma moto, quando o dono do comércio decidiu persegui-los com uma caminhonete S-10.

Ao se aproximar da moto o suficiente para identificar a placa e as roupas dos assaltantes, o dono do Açaí ligou para a polícia para denunciar. Neste momento, o garupa deu um tiro para trás e quase atingiu o dono do comércio. “Por sorte, o tiro atingiu a coluna do carro, mas foi quando o motorista da caminhonete levou um susto e perdeu o controle do carro, causando o acidente”, afirma o delegado Rodrigo Camapum.

Com o acidente, os dois homens da moto morreram no local, foi quando um aglomerado de curiosos cercou o local e a arma do crime desapareceu. A Polícia acredita que alguma das pessoas pode ter pego. “Era uma bala é de um 38 cromado. Na hora que o cara deu o tiro, juntou muita gente. Como os bandidos caíram com a moto, a arma voou de alguma forma e quando procuraram a arma, ela desapareceu”, afirma.

O caso foi registrado como roubo seguido de morte na forma atentada e homicídio culposo. De acordo com o delegado, o motorista não necessariamente irá responder, o caso será analisado pelo Ministério Público. “Salientamos quer em caso de assalto não deve haver reação, motorista deu muita sorte de não ser atingido. Entregue tudo e não reaja”.

Jornal Midiamax