Deixou uma das celas da terceira delegacia

O ex-deputado estadual Ary Rigo foi solto na noite desta quarta-feira (30) devido a um habeas corpus pedido pela defesa junto ao TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). O advogado Carlos Marques confirmou que Ary Rigo deixou uma das celas da terceira delegacia da Capital e foi embora para casa na noite desta quarta-feira (30).Sem ser ouvido pelo Gaeco, Ary Rigo é solto com habeas corpus

O ex-deputado que não chegou a ser ouvido foi preso temporariamente nesta terça-feira (30) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) durante a .

Ary Rigo foi preso durante a operação porque investigações iniciadas em 2015 revelaram suposta ligação dele com a empresa Digitho Brasil, nome fantasia Digix. Movimentações financeiras do dono da empresa com a família de Rigo foram flagradas e levantaram a suspeita.

Operação

​A Antivírus tem como alvo desarticular suposto esquema que envolvia contratos entre o departamento e empresas de informática. Ao todo, foram nove mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária e 29 de busca e apreensão.

A Operação começou por volta das 7h da manhã de terça, e os agentes fazem buscas nos Blocos 7, 9 e 13, onde funcionam o setor de tecnologia da informação, a presidência e a diretoria de administração e finanças, respectivamente. As equipes requisitaram a presença dos diretores dos respectivos departamentos para acompanharem os trabalhos de busca e apreensão.