Por falta de reagentes, corpo encontrado em terreno baldio não foi identificado

Corpo foi localizado no dia 27 de fevereiro
| 24/04/2017
- 17:46
Por falta de reagentes, corpo encontrado em terreno baldio não foi identificado

Corpo foi localizado no dia 27 de fevereiro

O corpo em decomposição de um homem encontrado em um terreno baldio, no dia 27 de fevereiro, na Vila Morumbi, em Campo Grande, ainda não teve a identidade confirmada pela polícia, após 60 dias.

Familiares teriam identificado às roupas e documentos que estavam próximo ao corpo, que estava nu, como sendo de Joaquim. Segundo informações apuradas pelo Jornal Midiamax, por falta de reagentes no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) não foi possível à realização de exame de DNA, não tendo como confirmar sua identidade.

Moradores da região acionaram a polícia, no dia 27 de fevereiro, depois de sentirem um forte odor, que vinha do terreno, além de um telefone celular que não parava de tocar. Segundo uma sobrinha do idoso, o tio saiu no dia 20 de fevereiro para receber um dinheiro.

Na terça-feira (21) ao não retornar, ela teria ligado atrás do tio que atendeu a ligação, mas parecia desorientado. Já na parte da tarde, os familiares não conseguiram mais manter contato com o idoso.

Segundo ela, o telefone tocava, mas não era atendido por ele. As roupas, o celular e os documentos que estavam ao lado do corpo em um terreno baldio foram reconhecidos pelos familiares.

Veja também

Vítima teve dois cortes no braço e outros dois na região da mão

Últimas notícias