Mandados são cumpridos no Presídio Feminino e policiais apreendem celulares

Duas mulheres eram investigadas
| 18/04/2017
- 18:48
Mandados são cumpridos no Presídio Feminino e policiais apreendem celulares

Duas mulheres eram investigadas

Após aproximadamente 3h30, policiais cumpriram dois mandados de prisão preventiva no Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos no local e celulares foram apreendidos.

Conforme informado pelo tenente Pablo, do Batalhão de Choque, os mandados de prisão foram cumpridos contra duas mulheres. As celas em que elas estavam foram vistoriadas e, ao todo, foram encontrados e apreendidos 5 aparelhos celulares, usados pelas detentas para comandarem o esquema de narcotráfico, além de carregadores.

A princípio, a informação é de que, de dentro do estabelecimento penal, as detentas comandariam um esquema de tráfico de drogas. Foi apontado que elas estavam ligadas ao PCC (Primeiro Comando da Capital). Outros mandados foram cumpridos em Dourados, onde o alvo seria uma mulher detida na 1ª Delegacia da Cidade, Ponta Porã, Brasilândia e Naviraí.

Operação Desdita

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, os policiais atuaram com auxílio de cães farejadores, para realizarem a vistoria no presídio feminino. As celas foram esvaziadas pelos militares do Batalhão de Choque, que fizeram a contenção das detentas, enquanto foram feitas buscas por materiais ilícitos.

A operação, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), tem como alvo membros do PCC (Primeiro Comando da Capital), que seriam responsáveis por um esquema de narcotráfico no Estado. Durante as investigações, telefones usados pelas detentas foram grampeados.

Segundo informações repassadas ao Midiamax, as mulheres se comunicavam usando apelidos e um do trabalhos da polícia era para identificar as investigadas. Durante a ação no presídio em Campo Grande, uma equipe do Gaeco chegou em uma viatura descaracterizada, com uma mulher detida e algemada.

Outros detalhes da operação serão repassadas em coletiva de imprensa nesta tarde. A operação envolve agentes do Gaeco e policiais do Batalhão de Choque, Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e Dintel (Diretoria de Inteligência). Ao todo, são cumpridos 38 mandados, 24 de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão.

Veja também

Polícia Militar apreendeu um veículo carregado com cigarro contrabandeado em Santa Rita do Pardo, cidade...

Últimas notícias