Falou a família que iria para Ponta Porã 

Há uma semana a família de Gabriel Ferreira Modesto, de 20 anos, espera por uma ligação, ou por qualquer notícia de seu paradeiro. O rapaz deixou a esposa grávida em casa na quarta-feira (26) avisando que iria até Ponto Porã, a 313 quilômetros de , para comprar parte do enxoval do bebê e não foi mais visto.

Gabriel teria pedido o carro do irmão mais velho emprestado e seguido viagem para a fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Foi só na sexta-feira (28), que a esposa do rapaz entrou em contato com a sogra e avisou que não conseguia contato com o marido.

Para o Midiamax, a servidora pública Maristela Ferreira contou que viu o filho na noite do dia 25 de julho. “Minha nora me avisou na sexta-feira. Tentamos ligar para ele, mas o celular está desligado, meu filho mais velho foi na delegacia e já registrou um boletim de ocorrência”, contou.

Mãe de quatro filhos, Maristela relata o desespero de toda a família sem notícias de Gabriel. “Ele nunca fez isso, de ficar muito tempo sem dar notícia, não atender o celular. To desesperada, não sei mais o que fazer”. A família chegou a enviar fotos para moradores de Ponta Porã, mas ainda assim não tiveram notícias do rapaz. “Ninguém viu ele”.Jovem viaja para comprar enxoval de bebê na fronteira e desaparece

Agora, os irmãos de Gabriel se mobilizam nas redes sociais e divulgam sua foto para conseguir notícias. Segundo Maristela, o filho tem uma tatuagem com o nome dela e do marido nas costas.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Quem tiver informações sobre o paradeiro do jovem pode entrar em contato com a família pelo telefone: (67) 99145 5453.