Polícia

Ex-motoboy de escritório se passa por advogado e aplica golpe na Capital

Pediu depósito de R$ 400 para dar entrada no auxílio

Diego Alves Publicado em 11/08/2017, às 23h37

None

Pediu depósito de R$ 400 para dar entrada no auxílio

Um motoboy se passou por advogado em um caso de benefício de auxílio doença em Campo Grande, nesta sexta-feira (11). A vítima, um rapaz de 34 anos, morador do Jardim Tijuca, pesquisou no Facebook e encontrou o autor, que se passava por advogado.Ex-motoboy de escritório se passa por advogado e aplica golpe na Capital

O falso advogado então foi até a casa da vítima, onde tirou xerox de documentos e cobrou R$ 50 para dar entrada no auxílio doença. Antes de ir embora, ele deixou um cartão de um escritório de advocacia, localizado no Centro da Capital.

Nesta sexta, o rapaz voltou a entrar em contato com o estelionatário, que disse que só poderia dar entrada no auxilio doença, após o fim do período de seguro desemprego.

Porém, logo depois, o golpista voltou a ligar para a vítima e pediu um depósito de R$ 400 a título de honorários, pois o pagamento do beneficio já estaria agendado para o próximo dia 15.

Ele também marcou um suposto encontro com a vítima na Praça Ary Coelho, porém, não disse o horário. Desconfiado, a o rapaz de 34 anos procurou o escritório de advocacia do cartão, apresentado pelo autor, onde lhe informaram que o estelionatário havia trabalhado no local como motoboy. Dali, a vítima foi até a delegacia onde fez um boletim de ocorrência.

Jornal Midiamax