Advogado nega que dupla tenha confessado latrocínio e roubo de R$ 12 mil

Polícia afirma que eles foram presos nesta sexta
| 14/04/2017
- 23:01
Advogado nega que dupla tenha confessado latrocínio e roubo de R$ 12 mil

Polícia afirma que eles foram presos nesta sexta

Dois rapazes foram identificados e presos por tentativa de latrocínio em Itaquiraí, cidade a 402 quilômetros de Campo Grande. A Polícia Civil afirma que a dupla que cometeu o crime foi identificada e teve mandado de prisão expedido pela Justiça. Héber Rodrigues Mello e Hoeslei William Buhler, de acordo com a polícia, teriam confessado o crime ao serem presos.

No início dessa tarde (14), no entanto, o advogado dos dois procurou a reportagem do Jornal Midiamax. Julio Cesar Sanches Nunes nega que os dois tenham confessado o crime.

“A defesa afirma que em momento algum os acusados confessaram que teriam cometido o crime de na forma tentada, fato este que será demonstrado em momento oportuno. Por fim, informa que os fatos ainda estão sendo apurados pela Delegacia de Policia Civil de Itaquiraí”, explicou.

Entenda

No dia 23 de março, vizinhos de um idoso chamaram a Polícia Militar depois de ouvirem o barulho do tiro. Na casa, eles encontraram o idoso de 85 anos caído na porta, com o ferimento na clavícula, e acionaram o socorro. A vítima foi levada ao hospital e, consciente, deu detalhes sobre o crime. Durante o assalto, levaram R$ 12 mil da vítima.

Segundo o idoso, ele estava em casa quando ouviu um homem o chamar na porta, dizendo ser o ‘Marcelinho da prefeitura’. Quando o idoso abriu a porta, foi surpreendido por dois homens encapuzados, que anunciaram o assalto e disseram para ele ficar quieto.

Um dos ladrões atirou no idoso, que caiu no chão. Uma testemunha conseguiu ver os dois homens fugindo, pulando o muro e entrando em um Uno branco rebaixado.

Veja também

Últimas notícias