Ninguém ficou ferido no  

Uma Kombi tipo baú, da empresa Elma Chips, pegou fogo na tarde desta segunda-feira (16) e deixou o trânsito na Avenida Presidente Ernesto Geisel interditado por alguns minutos. O incêndio começou no motor e militares do Corpo de Bombeiros conseguiram evitar que as chamas se espalhassem no veículo.

De acordo com o tenente Arébalo, o motorista da Kombi, de 21 anos, seguia pela avenida, em sentido ao centro, quando no cruzamento com a Avenida Mato Grosso foi avisado por populares sobre o incêndio.

“Ele contou que a uma quadra daqui o veículo apagou, ele deu partida novamente e voltou a andar, mas populares começaram a bater na Kombi, avisando que saia muita fumaça do motor”, lembra o militar.

O rapaz parou o veículo e testemunhas acionaram o socorro. Um militar do Corpo de Bombeiros, que estava de folga, passava pelo local e ajudou o motorista a retirar os materiais que estavam no compartimento de carga da Kombi, pedaço de papelão e plástico.

Ainda segundo o tenente, a Kombi possuía um cilindro de GNV (Gás natural veicular), o que aumenta o risco de uma explosão, mas no momento do incidente a gasolina era usada como combustível. “Mesmo o cilindro sendo resistente, pois é feito de aço, as chamas aumentam as chances de uma explosão”, alertou.

Foram usados cerca de 500 litros de águas para apagar o incêndio, que ficou concentrado no motor do veículo. Durante o combate das chamas, o trânsito ficou completamente interditado, mas aos poucos foi liberado em duas pistas.