O crime foi motivado por uma desavença comercial

Luciano Soares Senzaque, de 39 anos, foi morto com três tiros em uma distribuidora de gás de cozinha no final da tarde desta terça-feira (17) em Dourados, a 226 quilômetros de Campo Grande. A polícia trabalha com a hipótese que o crime foi motivado por uma desavença comercial.

De acordo com o site Dourados News, o rapaz estava no comércio quando o autor chegou. Os dois tiveram um desentendimento e o suspeito efetuou os disparos. Luciano foi atingido por três disparos, dois no peito e um nas costas e morreu no local.

Testemunhas acionaram a Polícia Militar, que isolou a área até a chegada da perícia e do SIG (Setor de investigações Gerais) da Polícia Civil.

Informações preliminares apontam que o comerciante teria mudado o fornecedor de um dos produtos vendidos na distribuidora, motivo que resultou na briga e no homicídio. A Polícia Civil já investiga o caso, mas nenhum detalhe do possível autor foi divulgado.