Trio roubava até 12 celulares por dia com ataques de moto

Ladrões agiam no Grande Santo Amaro e Nova Lima
| 28/05/2015
- 17:08
Trio roubava até 12 celulares por dia com ataques de moto

Ladrões agiam no Grande Santo Amaro e Nova Lima

Três envolvidos em roubos de celulares foram flagrados por equipes da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). Eles foram identificados como o ajudante de cozinha Alesi Espinoza, de 22 anos, o ajudante de calheiro Douglas da Silva Barros, de 18 anos, e um adolescente de 17 anos, que teve o nome preservado por conta do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Com a certeza de dinheiro fácil com os produtos roubados, os suspeitos chegaram a comentar durante a apresentação na unidade da Polícia Civil que, “em dia mais produtivo, conseguíamos 12 celulares nos ‘corres’”, revelam.

Com o trio foram apreendidas 34 munições de calibre 38, 11 aparelhos de celulares, um simulacro (arma de brinquedo) .40, uma faca, 38 cartões de memória, quatro chips de telefone e a Honda Titan 150, azul, placa HSN-3733, de Campo Grande (MS).

De acordo com o delegado da Derf, Ivahyr Luiz de Campos, o trio agia na região oeste e norte de Campo Grande. “Alesi era o piloto do próprio veículo e o adolescente o garupa. Ele abordava a vítima de forma rápida, mas intimidadora e levava o aparelho de celular”, explica.

No dia 25, o adolescente foi apreendido, com a faca, cometendo o delito, com isso, o comparsa arranjou outro garupa para cometer o crime, o Douglas. “As ações foram descobertas depois da apreensão do jovem que delatou o comparsa”, comenta o delegado.

Alesi mora no Tiradentes, área leste da Capital, e Douglas no Bairro José Tavares, norte de Campo Grande. Foram delatados dois receptadores que moram no Bairro Nova Lima, região norte. “Eles foram detidos e vão responder pelo crime em liberdade”, conta Ivahyr.

Veja também

Ladrão vez ‘duas viagens’ para levar objetos furtados da lanchonete

Últimas notícias