Polícia ainda aguarda laudos para concluir investigação sobre mortes na Santa Casa

Três pacientes morreram em julho do ano passado após tratamento para câncer
| 08/05/2015
- 01:26
Polícia ainda aguarda laudos para concluir investigação sobre mortes na Santa Casa

Três pacientes morreram em julho do ano passado após tratamento para câncer

A Polícia Civil ainda aguarda laudos periciais para concluir a investigação sobre a morte de três pacientes do setor de da Santa Casa de Campo Grande, em julho do ano passado.

Segundo a delegada Ana Claudia Medina, titular da Deco (Delegacia Especializada em Combate ao Crime Organizado), a parte de investigação já está concluída, de posse dos laudos será possível analisar se ainda há alguma diligência a ser feita. “Tudo vai ser concluído como se deve”, disse.

As investigações começaram após as mortes das pacientes Carmen Insfran Bernard, de 48 anos, no dia 10 de julho, Norotilde Araújo Greco, de 72 anos, no dia seguinte e Maria Glória Guimarães, 61 anos, no dia 12 de julho. Margarida Isabel de Oliveira, de 71 anos, que passou pelo tratamento de quimioterapia e teve graves reações, prestou depoimento à polícia. Ela morreu no dia 27 de janeiro deste ano. As quatro pacientes receberam a medicação entre os dias 23 e 28 de junho.

Durante as investigações, prestaram depoimento os médicos José Maria Ascenço e Henrique Guesser Ascenço, responsáveis pela clínica que realizava a manipulação da fórmula aplicada nos pacientes em tratamento da quimioterapia na Santa Casa. Também foram ouvidas uma farmacêutica e uma enfermeira, que por vezes, também realizava manipulação das fórmulas.

Posteriormente, prestou depoimento o farmacêutico Raphael Castro Fernandes, que a manipulação dos medicamentos aplicados nas pacientes.

Veja também

Juvenal Moreira de Azevedo, de 65 anos, morreu carbonizado em um incêndio em sua casa...

Últimas notícias