Polícia

Golpistas tentam vender casa de outro pela internet e são presos no cartório

Trio foi preso em Campo Grande quando saia de cartório

Wendy Tonhati Publicado em 29/04/2015, às 21h57

None
images.jpg

Trio foi preso em Campo Grande quando saia de cartório

Um trio de golpistas foi preso após tentar vender uma casa, no Bairro Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, sem que o dono soubesse do negócio. De acordo com a Polícia Civil, os envolvidos colocaram um anúncio na internet. Uma pessoa se interessou pelo imóvel, mas ao entrar em contato com os estelionatários, desconfiou do golpe e conseguiu localizar o verdadeiro dono da casa.

Nas investigações os policiais da 3ª Delegacia de Polícia Civil verificaram que os estelionatários, no dia 24 de abril, tentaram vender a casa por R$ 55 mil. A compradora teve contato com Adriana Pereira Matias, de 33 anos, que se passava por dona da casa, porém, em um dos documentos, a vítima viu o nome do verdadeiro proprietário e desconfiou da situação.

O proprietário foi localizado e falou que não estava vendendo a casa e que não conhecia nenhuma Adriana. Além da mulher também estavam envolvidos no golpe José Bruno dos Santos Azevedo, de 21 anos e Márcia Bispo Fontoura, de 35 anos.  

O trio foi preso quando saia do cartório de registros, onde foi reconhecer a firma da assinatura da suposta proprietária. Eles confessaram o crime e Adriana contou que foi convidada por Márcia que se dizia chamar Janaína, para que “emprestasse” seu nome em uma transação de compra e venda de imóvel e ganharia R$ 1 mil pelo serviço.

Após a prisão em flagrante por tentativa de estelionato, José Bruno e Adriana foram encaminhados à cela da delegacia enquanto Márcia pagou fiança no valor de R$ 3 mil reais e vai responder em liberdade. 

Jornal Midiamax