Delegada pede prisão preventiva de homem que atirou 7 vezes contra ex

A suspeita é que o autor esteja na casa de parentes no país vizinho
| 03/07/2015
- 01:47
Delegada pede prisão preventiva de homem que atirou 7 vezes contra ex

A suspeita é que o autor esteja na casa de parentes no país vizinho

A delegada Sueili Araujo Lima Rocha, da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, já pediu a prisão preventiva de Hugo Ademir Valiente Lopes, de 31 anos, suspeito de disparar sete vezes contra a ex-namorada na noite desta quarta-feira (1º).

Conforme Rocha, o inquérito que investigará o caso já foi instaurado e equipes da delegacia já realizam buscas pelo autor. “Tudo indica que ele está no Paraguai, ao que parece, ele possui familiares no país vizinho. Estamos fazendo todos os esforços para captura-lo”, explica à delegada.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 19 horas de quarta-feira, Hugo teria se aproximado da ex, que saia do trabalho e sem dizer nada, atirou sete vezes contra ela. Neste momento, policiais militares ouviram os disparos, foram até o local e deram ordem de parada ao autor, que também atirou nos militares.

Os policiais revidaram e Hugo fugiu para o Paraguai. No tiroteio, o suspeito ainda atingiu um homem, de 55 anos, no braço. A mulher, de 24 anos, recebeu seis tiros do tórax e um no braço direito e foi encaminhado para o Hospital Regional, onde permanece internada, mas sem risco de morte.

Para a polícia a jovem relatou que ela e o autor estão separados há dois meses, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento. Ainda conforme a vítima, o ex era um homem violento e ela já havia registrados vários boletins de ocorrência contra Hugo. 

Veja também

Agressão aconteceu na Vila Cachoeirinha na noite deste domingo

Últimas notícias