Uma mulher sofreu uma tentativa de feminicídio, nesta quarta-feira (24), em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, depois do ex-marido tentar matá-la a tiros na frente dos filhos. O autor não foi encontrado.

A mulher contou aos policiais que tem um filho de 10 anos com o homem, que o visita pelo menos a cada seis meses quando volta da fazenda onde trabalha. Porém, nesta quarta (24), ele chegou a sua residência pedindo para reatarem o relacionamento, mas, a mulher negou.

Em seguida, o autor que estava armado apontou o revólver para a vítima dizendo que iria matá-la. A filha da mulher de 15 anos que flagrou a cena entrou na frente no momento do disparo, mas o homem acabou errando o tiro, acertando a parede.

A adolescente começou a gritar, momento em que o homem fugiu e não foi encontrado.

Como denunciar

Existem dois números para contato: 180, que garante o anonimato de quem liga, e o 190. Importante lembrar que a Central de Atendimento à Mulher – 180, é um canal de atendimento telefônico, com foco no acolhimento, na orientação e no encaminhamento para os diversos serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em todo o Brasil, mas não serve para emergências.

As ligações para o número 180 podem ser feitas por telefone móvel ou fixo, particular ou público. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados, já que a violência contra a mulher no Brasil é um problema sério no país.