Um cachorro foi resgatado muito machucado de uma residência na Vila Neusa neste sábado (18) após denúncias levarem a Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) até o local.

Conforme o boletim de ocorrência, o animal estava chorando há dias no local e vivia em um local totalmente insalubre, sem água e comida.

Ao averiguar a denúncia, a polícia encontrou o animal com grande concentração de carrapatos, larvas dentro da boca e fratura exposta na pata dianteira. O machucado estava com moscas em volta.

Ele estava fraco e não conseguia levantar ou se locomover. Além disso, não havia comida, ração ou água à vista. O local estava sem limpeza e com comida azeda espalhada.

Um homem de 42 anos que mora ao lado do local se identificou como tutor do animal. A Decat recolheu o animal e o encaminhou para uma clínica veterinária. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.