Polícia

Cuidado: grupo de WhatsApp vira caso de polícia com acusações entre ‘amigos’

Suposto roubo de uísque causou 'rolo' no grupo

Renata Portela Publicado em 10/07/2015, às 17h05

None
depac_piratininga-gw_1.jpg

Suposto roubo de uísque causou ‘rolo’ no grupo

Um homem, de 35 anos, e duas mulheres, de 30 e 29 anos, procuraram a Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (10), para registrar uma ocorrência de calúnia. Eles relataram ser vítimas de afirmações mentirosas no aplicativo WhatsApp.

De acordo com o boletim de ocorrência, gerado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, as vítimas estavam em uma festa, na Vila Anahy, região oeste de Campo Grande, quando uma confusão começou.

Os três amigos afirmaram que o dono da festa acusou eles de roubarem três garrafas de whisky. Depois do ocorrido, o rapaz ainda teria criado um grupo no WhatsApp para propagar a informação, afirmando que os três haviam roubado as bebidas alcoólicas.

O caso foi registrado como calúnia.

Jornal Midiamax