Segundo o boletim de ocorrência registrado por um Policial Militar na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da região central de Campo Grande, ele foi atender a uma solicitação em uma residência e, ao chegar no local, encontrou uma testemunha. Ela disse que Nereu pulou o muro da casa e ela pediu para ele ir embora ou chamaria a polícia.

Ainda de acordo com a testemunha, o homem fingiu que foi embora e, quando D.F.M foi até seu carro, acabou golpeado por duas facadas, no abdome e nas costas. A vítima foi socorrida por populares e encaminhada para a UBS (Unidade Básica de Saúde). Nereu fugiu em seguida, tomando rumo ignorado. A equipe de policiais foi até a casa do autor do crime, no Bairro Nova Lima, e o deteve.

Ao ser indagado sobre o que motivou o crime, Nereu disse apenas que ficou com medo da vítima entrar no carro e pegar uma arma. Ele foi encaminhado para a Depac e responderá por homicídio doloso, quando há intenção de matar, na forma tentada.