Polícia

Simone libera apoio policial e minimiza envolvimento de políticos em invasões

Em reunião com o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), liberou, nesta quarta-feira (23), apoio da Polícia Militar e Civil para garantir mandados de reintegração de posse de áreas públicas e minimizou a denúncia de participação de políticos nas invasões. “Ouço pela imprensa (sobre o envolvimento de políticos), mas […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 16h47

None
1059062166.jpg

Em reunião com o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), liberou, nesta quarta-feira (23), apoio da Polícia Militar e Civil para garantir mandados de reintegração de posse de áreas públicas e minimizou a denúncia de participação de políticos nas invasões.


“Ouço pela imprensa (sobre o envolvimento de políticos), mas desconheço o fato, não estou especificamente preocupada com isso”, declarou Simone, em entrevista coletiva. Segundo ela, agora, a prioridade é “cumprir as reintegrações”.


A governadora, no entanto, informou que investigações estão em andamento e garantiu punição se comprovada a denúncia de participação de políticos nas invasões.


“Se por ventura, no cumprimento das investigações que nós estamos fazendo e são sigilosas, descobrirem que quem quer que seja, político ou não, esteja insuflando ato ilegal e inconstitucional essas pessoas serão responsabilidade e punidas como qualquer cidadão comum”, prometeu.


Simone também deixou claro que o período eleitoral encerrou e afastou divergências políticas com o atual prefeito. “Aqui não tem Governo do Estado ou prefeitura, aqui tem uma preocupação só, a tranqüilidade de Campo Grande seja no aspecto da saúde, da dengue ou na ordem pública”, disse.


Antes de entrar na reunião com a governadora em exercício, Bernal afirmou que parte das invasões está sendo orquestrada por grupo ligado ao candidato derrotado na Capital, deputado federal Edson Giroto (PMDB). Depois da conversa com Simone, ele evitou falar sobre o assunto e disse que, a partir de agora, “cabe a polícia falar sobre o assunto”. 


Sem violência


Sobre a participação da polícia nas reintegrações de posse, a governadora em exercício afastou truculência nas atividades. “Ninguém vai cumprir mandado com violência, vamos agir dentro da normalidade, o que não vamos tolerar são movimentos por traz, insuflando invasões”, comentou.


Ainda de acordo com Simone, ainda hoje a secretaria de Segurança Pública será comunicada oficialmente sobre a determinação de apoio à Prefeitura de Campo Grande, em resposta a pedido de Bernal para contribuir no combate à dengue e no cumprimento de mandados de reintegração de posse.


“Vamos colocar a Polícia Militar à disposição para que possamos efetivamente cumprir todas determinações que vierem da prefeitura”, reforçou Simone.

Jornal Midiamax