Polícia

Manifestantes dizem que não marcham até a assembleia por medo de ação truculenta da polícia

Manifestantes dizem que não marcham até a assembleia por medo de ação truculenta da polícia

Arquivo Publicado em 25/06/2013, às 15h40

None
1754841237.jpg

Manifestantes dizem que não marcham até a assembleia por medo de ação truculenta da polícia

Os manifestantes somente se dirigiram a prefeitura, Câmara de Vereadores e o Fórum, durante os três dias de protesto em Campo Grande, porque temem a ação truculenta da polícia.


Questionados sobre o motivo de não terem se dirigido a Assembleia Legislativa, no Parque dos Poderes, eles disseram que o governador só pensa em direcionar ‘a polícia para bater nos protestantes’.


“Temos as nossas reivindicações, mas só vamos lá a hora em que o governador André Puccinelli (PMDB) deixar de colocar a Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) para bater nos manifestantes”, diz o jornalista Alan F. de Brito, 27 anos, porta voz do manifesto.


Os manifestantes ainda disseram que os homens são despreparados e só priorizam a agressão. “É uma polícia despreparada, que só quer bater nos manifestantes. Temos conosco mulheres, crianças e eles deviam pensar nisso”, afirma Brito.

Jornal Midiamax