Um carro da embaixada brasileira em Sófia, na Bulgária, foi detido no posto de fronteira de Kapakule, na Turquia, carregando mais de 50 quilos de cocaína, relatou o jornal búlgaro 24 Chasa. O confirmou o ocorrido, afirmando que o veículo oficial foi furtado por um funcionário local.

De acordo com a imprensa búlgara, o carro com placa diplomática chegou a Kapakule vindo da passagem de fronteira búlgara. Os funcionários da alfândega submeteram o carro à inspeção e encontraram cerca de 55 quilos em cocaína, que estava distribuída em 52 pacotes escondidos em diversos locais. O motorista e um passageiro, cujos nomes não foram divulgados, foram detidos por um tribunal em Edirne sob acusação de tráfico de drogas.

Ao Estadão, o Itamaraty confirmou o incidente envolvendo veículo da Embaixada do Brasil em Sófia. “O carro foi furtado das dependências da Embaixada por um dos seus funcionários contratados locais, sem a participação de qualquer integrante do Serviço Exterior Brasileiro”, disse o Itamaraty. De acordo com o ministério, o funcionário, de nacionalidade búlgara, foi demitido por justa causa.

Segundo a Embaixada do Brasil em Sófia, o carro foi furtado no dia 20 de outubro por uma pessoa que atuava como motorista na sede diplomática. A Embaixada afirmou que notificou as autoridades búlgaras competentes, registrou a ocorrência policial, e colocou-se à disposição para colaborar e prestar todas as informações que se fizerem necessárias.

Saiba Mais