O engenheiro agrônomo Diogo Nantes da Silva, de 32 anos, morreu ao ser atingido por uma peça de um caminhão Mercedes Benz/L1513 na MS-164, em Ponta Porã, a 315 quilômetros de Campo Grande, nesta segunda-feira (15). 

O acidente aconteceu por volta das 11h10 próximo ao assentamento Itamaraty, segundo publicou o Jornal da Nova. Diogo conduzia uma picape Fiat Strada, quando a haste da lona do caminhão caiu e o atingiu. 

O caminhoneiro ouviu o barulho da peça caindo sobre a picape e parou às margens da rodovia para ver o que aconteceu. Logo, testemunhas contaram ao homem que a barra de ferro atingiu o carro. 

A Polícia Civil, Polícia Científica e a PMR (Polícia Militar Rodoviária) da Base Operacional de Aquidabã foram acionadas para o local. O caminhoneiro passou por teste de bafômetro que apontou resultado negativo. Ele foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade.

O agrônomo teve morte instantânea. Ele era natural de Nova Andradina, mas morava em Ponta Porã desde 2021, onde trabalhava em uma cooperativa agroindustrial.

(Reprodução, Jornal da Nova)