Ucrânia renova pedidos de armas em meio a ataque russo a cidades do leste

As tropas ucranianas dizem que se encontram em um momento crucial
| 29/05/2022
- 10:24
Ucrânia renova pedidos de armas em meio a ataque russo a cidades do leste
Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. (Foto: Divulgação)

A capital ucraniana, Kiev, emitiu novos apelos por mais armas de nações ocidentais enquanto a Rússia intensificava seu esforço para capturar cidades-chave no leste da Ucrânia, ameaçando as últimas fortalezas ucranianas na região de Luhansk, destaca a Dow Jones.

As tropas ucranianas dizem que se encontram em um momento crucial. Um ataque russo à cidade estrategicamente importante de Severodonetsk pode forçá-los a se retirar, disseram autoridades ucranianas. A cidade está entre as últimas restantes sob controle ucraniano em Luhansk, que junto com Donetsk compõe a região leste de Donbass da Ucrânia.

O prefeito de Kramatorsk, cidade a cerca de 80 quilômetros de Severodonetsk que também foi alvo de ataques, disse que os combates na área cortaram linhas de energia e deixaram Kramatorsk e áreas vizinhas sem eletricidade. Os serviços municipais locais estão trabalhando para reparar os danos, disse ele em um post no neste domingo.

Hoje, Serhiy Haidai, governador de Luhansk, rejeitou as alegações russas de ter capturado as últimas faixas de Severodonetsk. Ele disse que as forças russas estavam operando de um hotel nos arredores da cidade e até agora não conseguiram avançar para áreas residenciais. "Severodonetsk está sob controle ucraniano. O inimigo não está tendo sucesso", disse, em um post.

A Ucrânia afirma que as tropas que combatem o avanço russo no leste estão desesperadas por suprimentos de armas, em particular sistemas de foguetes de lançamento múltiplo com maior poder de fogo do que as peças de artilharia já fornecidas, nas quais as forças ucranianas confiaram em seus esforços para impedir a ofensiva da Rússia.

"É incrivelmente difícil", disse o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky sobre os combates no leste em um discurso noturno no sábado. "Todos os dias estamos trabalhando para fortalecer nossas defesas. Isso significa antes de tudo o fornecimento de armas."

Segundo Zelensky, a capacidade da Ucrânia de se defender dos ataques cada vez mais intensos da Rússia depende da ajuda de seus aliados, acrescentando que espera "boas " nessa frente nesta semana. O líder ucraniano não forneceu mais detalhes, mas disse que conversou no sábado com o primeiro-ministro britânico Boris Johnson sobre entregas de armas e mais apoio à defesa da Ucrânia.

Passaportes

Uma autoridade pró-Rússia disse neste domingo, à TASS, agência de notícias estatal russa, que o Ministério do Interior estava se preparando para visitar a região para registrar pedidos de passaporte russo. Em Kherson, ocupada pela Rússia, Andriy Sokov, conselheiro do chefe da administração oficial ucraniana da região sul, disse que há dois meses não há informações sobre o prefeito da cidade de Hola Prystan, capturado pelas forças russas em março.

Veja também

Organização declara que Rússia é ameaça direta à segurança dos aliados

Últimas notícias