Ex-princesa do Catar é encontrada morta aos 45 anos

As autoridades espanholas encontraram o corpo de Kasia Gallanio na casa dela, no último domingo (29)
| 01/06/2022
- 14:13
Ex-princesa do Catar é encontrada morta aos 45 anos
A ex-princesa do Catar Kasia Gallanio

A ex-princesa do Catar Kasia Gallanio, de 45 anos, foi encontrada morta em casa neste domingo (29), em Marbella, no sul da Espanha. Embora os detalhes da autópsia ainda não tenham sido divulgados, a suspeita é de overdose. 

De acordo com a publicação do jornal Le Parisien, a ex-princesa tinha depressão e problemas com álcool. Ela foi encontrada pela polícia depois que as filhas dela não conseguiram contato com ela por vários dias.

Trajetória

Kasia Gallanio foi casada com Abdelaziz bin Khalifa Al-Thani, de 73 anos, tio do emir do Catar. Eles casaram em 2004 e tiveram três filhas juntos.

O ex-casal travou uma batalha na justiça por cerca de 10 anos pela guarda das filhas. Abdelaziz bin Khalifa Al-Thani vive na França desde 1992 quando deixou o Catar por acusação de golpe. Além disso, Kasia denunciou o por violência sexual contra a filha mais velha, que teria sofrido abusos entre os 9 e os 15 anos. Abdelaziz bin Khalifa Al-Thani, que tem 73 anos atualmente, nega as acusações.

Batalha judicial

A separação de Kasia do xeque Al-Thani aconteceu em 2012 e uma grande batalha legal pela custódia de suas três filhas, então menores, em um caso que se arrastou sem resolução.

Em 19 de maio, o tribunal de Paris rejeitou as demandas da mulher, que havia passado vários meses hospitalizada em novembro e que, segundo o jornal francês, era propensa a colapsos nervosos e processos de desintoxicação. Isso levou um juiz a adiar o caso até que fosse obtida uma avaliação psicológica da mulher para melhor compreender a situação familiar.

Segundo o Le Parisien, uma das filhas do casal denunciou em meados de abril ter sido vítima de agressão sexual por parte do pai quando tinha entre 9 e 15 anos, acusações que o xeique do Catar nega, mas que levaram ao Procuradoria para abrir um inquérito que está a cargo da brigada de polícia para proteção de menores.

A advogada está na Espanha com as duas filhas mais velhas da mulher, de 17 anos, que tiveram de identificar a mãe nesta segunda-feira.

Copa do mundo no Catar

Esta será a primeira de Copa do Mundo a ser realizada no outono, época do ano correspondente no hemisfério norte, em função das altíssimas temperaturas que atingem o Oriente Médio no meio do ano. A bola rola entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.

Veja também

Direito estabelecido pela segunda emenda poderá reverberar nos estados

Últimas notícias