Itália lança ‘Bolsa Família’ para ajudar seus 4,5 milhões na pobreza extrema

Programa deve ser iniciado em setembro
| 22/07/2016
- 18:01
Itália lança ‘Bolsa Família’ para ajudar seus 4,5 milhões na pobreza extrema

Programa deve ser iniciado em setembro

O Ministério do Trabalho da lançou um projeto intitulado SIA, que na sigla italiana significa “Apoio para a Inclusão Ativa”, cujo objetivo é oferecer ajuda econômica a famílias de baixa renda. De acordo com a Época Negócios, o programa contribuirá com até 80 euros por membro de família, o equivalente a R$ 288.

O governo fará levantamentos de perfis socioeconômicos das famílias, possibilitando a bolsa às que as que tiverem rendimento de até 3 mil euros no ISEE (Indicador de Situação Econômica Equivalente), órgão que avalia a situação financeira dos italianos. Além disso, é necessário que a família tenha ao menos um menor de idade, deficiente ou grávida.

Os beneficiados terão de aderir a um projeto de inserção social e trabalhista, que faz acompanhamento social para ajudar as pessoas a saírem da pobreza. Por isso, eles devem buscar trabalho ou apresentar bons rendimentos nos estudos, além de estar com vacinações em dia.

A proposta deve ser posta em prática a partir de 2 de setembro. O ministro do Trabalho, Giuliano Poletti, diz que o governo separou 750 milhões de euros, equivalente a R$ 2,7 mil, para execução do programa neste ano. A pobreza absoluta atinge cerca de 4,5 milhões de pessoas na Itália.

Veja também

Últimas notícias