ONU pede que milionários italianos doem 15 mil euros para os refugiados

Valor permitiria a 10 famílias viver dignamente por um ano
| 07/09/2015
- 21:07
ONU pede que milionários italianos doem 15 mil euros para os refugiados

Valor permitiria a 10 famílias viver dignamente por um ano

 A Agência da ONU para os Refugiados (Acnur) convocou nesta segunda-feira (7) os milionários italianos a ajudar os refugiados sírios na fazendo uma doação de 15 mil euros, o que permitiria a 10 famílias viver dignamente por um ano.

O chamado da agência da ONU aparece em um anúncio publicitário no jornal italiano “Il Corriere della Sera” e no econômico “Il Sole 24 Ore”.

“Na Itália, 219 mil pessoas possuem um patrimônio superior a 1 milhão de euros. Se você está lendo este chamado e é uma destas pessoas, deve saber que, com 15 mil euros, podemos oferecer a 10 famílias de refugiados na Jordânia meios suficientes para viver com dignidade por um ano, sem cair na extrema pobreza e perder a esperança no futuro de seus filhos”, publicou a Acnur.

“Se 1% dos milionários italianos doarem 15 mil euros, teremos dinheiro suficiente para ajudar 22 mil famílias sírias e reduzir o risco de que terminem nas mãos de traficantes”, assinala a agência.

Embora a foto do corpo de um menino sírio afogado em uma praia turca tenha provocado uma onda internacional de generosidade com os refugiados, outra agência da ONU, o Programa Mundial de Alimentos (PAM), anunciou na última sexta-feira, em Amã, ter suspenso, por falta de dinheiro, parte de sua ajuda aos refugiados sírios na Jordânia.

Veja também

O governo russo informou que assumiu neste sábado, 21, o controle total da cidade portuária...

Últimas notícias