MidiaMAIS / TV & Novela

Rodrigo Simas tentou 'estragar' Salve-se Quem Puder, mas não conseguiu

Em 2014, ele estragou outra novela, destruindo a história em nome de casal pop

João Ramos Publicado em 19/07/2021, às 09h15

Cantor encantou o público com Alejandro, seu violão e a história de amor do passado com Luna
Cantor encantou o público com Alejandro, seu violão e a história de amor do passado com Luna - (Foto: TV Globo)

Figura carimbada para personagens babacas e com tons de machismo, o ator Rodrigo Simas entrou como um tapa-buraco na fase final de "Salve-se Quem Puder", novela das sete que terminou na última sexta-feira (16).

Ele foi escalado para substituir a função de Juan, par de Luna (Juliana Paiva), que era interpretado pelo ator português José Condessa. Com a pandemia e a interrupção das filmagens da novela, José precisou deixar o Brasil sem conseguir gravar nada de Juan para a trama porque tinha contrato a cumprir em Portugal.

Alejandro de Rodrigo Simas até cantou com música autoral fictícia e voz robótica alterada por programas (Foto: TV Globo)

Com isso, o personagem Juan teve um desfecho inventado e Rodrigo Simas entrou no folhetim para desempenhar Alejandro, a outra base do triângulo amoroso de Luna. A escolha do irmão Simas não foi à toa e nem por acaso: Rodrigo e Juliana Paiva são um casal de sucesso na ficção da década passada e já foram usados como "curinga" para salvar audiência de novela fracassada.

Casal "Brutinha" na "Malhação" 2012 (Foto: TV Globo)

O fenômeno como par romântico entre os dois começou em "Malhação" (2012), quando juntos interpretaram Bruno e Fatinha, conquistando milhares de fãs por todo o Brasil. No ano seguinte, a faixa das 19 horas estava no limbo com a novela "Além do Horizonte". Rodrigo não era protagonista e Juliana fazia par com Thiago Rodrigues. Para tentar reverter o fiasco, a Globo decidiu dar o protagonismo a Simas e promovê-lo a casal com Juliana.

Contribuiu para a estratégia o êxito em "Malhação". Na web, o par voltou a repercutir em "Além do Horizonte", mas a ação não deu resultado em números para a emissora e o flop permaneceu até o final. Em "Salve-se Quem Puder", trazer de volta o casal foi uma tentativa de dar um "up" ao triângulo do folhetim, e até cenas dos dois na "Malhação" foram usadas como flashback para mostrar o passado de Luna e Alejandro.

Par da protagonista foi trocado para tentar levantar Ibope (Foto: TV Globo)

Em "Além do Horizonte", juntar os atores, além de não dar resultados, só estragou a história da novela. O casal protagonista formado por Juliana Paiva e Thiago Rodrigues (William e Lili) tinha um enredo incrível, que foi suprimido para dar espaço a uma dupla por popularidade. 

Já no folhetim que terminou sexta-feira (16), havia o mesmo risco. Rodrigo entrou nos 45 do segundo tempo com um personagem inventado às pressas, podendo jogar no lixo toda a construção de Luna e Téo (Felipe Simas) por repercussão. Felizmente, o autor optou pelo desfecho da fisioterapeuta com o diretor de TV, deixando o Alejandro de Rodrigo Simas com Bel, personagem da atriz Dandara Mariana.

Irmãos Simas na vida real não tinham ligação na trama e disputaram mocinha (Foto: TV Globo)

Por pouco, o ator não estragou novamente o fim de outra novela das sete, ao lado da mesma parceira de outras histórias, atrás de fãs ensandecidos. A julgar pelas opiniões dos telespectadores, a participação de Rodrigo Simas em "Salve-se Quem Puder" foi vista de forma muito positiva. Ele só acrescentou. Conseguiu deixar o público dividido, conquistou excelente espaço na história e brilhou com seu Alejandro.

A participação de sucesso foi coroada justamente por sua presença não ter estragado o folhetim, como aconteceu em "Além do Horizonte", 7 anos atrás. A história de "Salve-se Quem Puder" foi mexida com sua entrada, mas não abruptamente alterada e avacalhada.

William de Thiago Rodrigues fazia o par principal com Juliana em "Além do Horizonte" (Foto: TV Globo)

Jornal Midiamax