Durante sua participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (15), Sidney Magal falou sobre orientação sexual e surpreendeu alguns dos seus ao afirmar ser bissexual. Ao se explicar, o cantor lembrou de uma rápida paixão que teve por um bailarino argentino que trabalhava na TV Globo.

O artista pontuou que para ele “todo ser humano é bissexual” e todos têm desejos reprimidos que em algum momento podem se manifestar. Apesar disso, ele nunca se envolveu amorosamente com outro homem.

“Me dou o direito de dizer que eu sou, apesar de nunca ter experimentado nenhuma experiência bissexual”, refletiu. “O fato de você entender que você é um ser humano, que tem desejos, que você tem o direito de se direcionar para esse prazer que você quer ter. Esse prazer pode ser com pessoas do mesmo sexo, ou não”, acrescentou.

Sidney ainda contou como se sentiu em relação ao amigo no passado e pontuou que houve abertura por parte do dançarino para uma experiência amorosa entre os dois. “Ele era tão cativante que eu comecei a duvidar da minha sexualidade. Conversamos muito sobre isso. Ele falou: ‘Se você estiver livre, à vontade, conte comigo', porque ele permitia esse tipo de coisa. Mas isso aí passou e nunca mais aconteceu”.

“Eu vi naquele momento que as pessoas têm esse direito, mas isso quando são sentimentos verdadeiros, quando não vão machucar terceiros. Não gosto de tornar o sexo uma vulgaridade. Tudo tem um momento íntimo que é prazeroso. Por isso que eu disse que todo ser humano é bissexual, você tem o direito. Se fez ou não, é outra história”, concluiu.