Se Davi passou a temporada inteira do BBB 24 chamando Mani Rego de “minha esposa” e “minha mulher”, por que o campeão da edição mudou o discurso e passou a dizer que está apenas conhecendo a vendedora, com quem namora e divide o mesmo teto há um ano e seis meses?

Ainda não há um posicionamento oficial sobre os motivos dele não a mencionar mais como uma companheira de vida e sim como uma simples conhecida, mas a mudança pode ter relação direta com o prêmio do BBB 24.

Desse modo, internautas e até profissionais de Direito começaram a especular o que poderia teria levado o baiano a adotar outra postura em relação a Mani. Assim, levantou-se a probabilidade do ex-motorista de aplicativo ter sido orientado judicialmente ou por familiares a tratar o relacionamento como um “namorico” qualquer. “Dando uns beijinhos, se conhecendo”, como disse o campeão do BBB à .

Colunista do Metrópoles, Fábia Oliveira conversou com a advogada de família, Barbara Heliodora, que explicou que, caso confirmada a união estável, Mani teria direito a metade do prêmio de Davi. Para os internautas, isso justificaria a postura que o baiano adotou após vencer o BBB 24.

“Sendo uma união estável, e aí, independente do período, o regime que vai vigorar nessa união estável é o da Comunhão Parcial de Bens, mesmo que não seja oficialmente documentada, e aí a divisão do prêmio tem que ocorrer pelo regime da ”, detalhou a advogada à colunista.

“Se a pessoa vivendo em união estável ganha esse prêmio, esse prêmio é partilhado pelo regime da comunhão parcial, então ele é partilhado sim entre os companheiros. E aí o prêmio do é considerado um fato eventual, com contribuição ou não daquele companheiro, isso vai ser dividido”, acrescentou a profissional.