Prestes a estrear nos cinemas nacionais, o “Besouro Azul”, produção hollywoodiana estrelada pela atriz brasileira Bruna Marquezine, não está sendo divulgado pela atriz. Impedida de promover o próprio longa que protagoniza, Marquezine então recorreu aos amigos em apelo e pediu para os mesmos divulgarem a produção.

Produzido pela Warner Co., o filme que leva o herói da DC Comics às telonas estreia nesta quinta-feira (17) no Brasil, em meio à greve dos roteiristas e atores nos Estados Unidos.

E é justamente por conta dessa greve que a brasileira está impedida de promover “Besouro Azul”. Caso divulgue o filme, Bruna estaria indo contra a manifestação acolhida pela maioria.

Desse modo, ela apelou para a caridade dos amigos mais próximos, com milhões de seguidores, e pediu para os mesmos espalharem informações sobre o longa, que marca sua estreia em .

“Estarei sempre ao lado de iniciativas que lutem pelo progresso da comunidade artística, seja no meu país ou no exterior”, declarou Bruna. “Como os atores não podem mais participar de qualquer divulgação de seus projetos até o fim da greve, o apoio dos fãs será fundamental para trazer a visibilidade e o reconhecimento que Besouro Azul merece”, escreveu a atriz em um post horas antes de a dos atores começar oficialmente.

Sem divulgação, o filme já é quase um fracasso declarado e os artistas envolvidos, especialmente Bruna Marquezine, temem que isso se concretize. Ao pedir para amigos promoverem o longa, Bruna estaria, de alguma forma, tentando impedir que sua estreia em Hollywood seja um fiasco de público.

“Besouro Azul” é a primeira produção da DC Studios após o cineasta James Gunn, de Guardiões da Galáxia, e o produtor Peter Safran assumirem a direção do estúdio.