Guta Stresser revela ter esclerose múltipla: 'Perdi o chão'

Em entrevista, atriz contou sobre o diagnóstico da grave doença neurológica
| 20/06/2022
- 14:30
Guta Stresser revela ter esclerose múltipla: 'Perdi o chão'
Atriz de Bebel revela diagnóstico de esclerose múltipla (Foto: Reprodução)

A atriz Guta Stresser, de 49 anos, mais conhecida como Bebel de ''A Grande Família'', concedeu uma entrevista emocionante e exclusiva à revista Veja onde revelou que sofre com esclerose múltipla, uma doença neurológica autoimune crônica provocada por mecanismos inflamatórios e degenerativos.

Guta contou que os primeiros sintomas surgiram quando participou da "Dança dos Famosos", em 2020. Segundo a atriz, durante os ensaios, começou a esquecer as coreografias assim que terminava, apesar de sempre ter tido facilidade em memorizar movimentos. Na ocasião, não levou esses esquecimentos a sério.

Ela explicou também que passou a esquecer coisas básicas do seu cotidiano. “Comecei a esquecer palavras bem básicas, como copo e cadeira. Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares. Tinha formigamentos frequentes nos pés e nas mãos, enxaquecas fortíssimas e variações de humor. O pior era um zumbido constante no ouvido. Parecia que havia ali um fio desencapado, provocando um curto-circuito na minha cabeça”, explicou Stresser, contando sobre os primeiros sintomas que sentiu.

“Cheguei a pensar que poderia ser ou sintomas relacionados à menopausa, já que estou entrando nessa fase. E aí levei um tombo na sala de que me acendeu um alerta”, contou.

Diagnóstico

Após perceber ter algo ''diferente'' acontecendo, a atriz procurou um otorrinolaringologista e insistiu em fazer uma ressonância magnética. Com o exame, veio o diagnóstico de esclerose múltipla, doença crônica e autoimune, em que o sistema imunológico ataca a bainha de mielina que envolve os neurônios, comprometendo a função do sistema nervoso.

"Perdi o chão na mesma hora. Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante", disse. O maior medo, segundo ela, era ficar incapacitada. "Com a ajuda do neurologista, entendi que diagnóstico não é sentença e que, apesar da doença não ter cura, ela tem, sim, tratamento", disse.

Artistas prestam solidariedade

Nomes como Fernanda de Freitas, Ingra Lyberato, Heloísa Périssé, Débora Lamm, Guilherme Weber e Malu Valle também deixaram mensagens para Guta, no post em que ela revela a doença. "Força, amada", escreveu Zezé Motta. "Querida, força e estamos aqui te dando todo o apoio que você precisar", publicou Alexandra Richter. "Amada, vai dar tudo certo. Estou aqui torcendo e com pensamentos positivos para você", escreveu Gorete Milagres.

Veja também

Juliano Cazarré realizou o batismo na própria sala do parto de Maria Guilhermina

Últimas notícias