Depp e Amber Heard enfrentam incertezas na carreira após resultado de julgamento

Depp esperava que o processo de calúnia ajudasse a restaurar sua reputação
| 02/06/2022
- 10:37
Depp e Amber Heard enfrentam incertezas na carreira após resultado de julgamento
Foto: Reprodução / Instagram

A conclusão do júri de que tanto Johnny Depp, como sua ex-mulher, Amber Heard, foram difamados em uma longa disputa pública encerrou um julgamento de seis semanas que também levantou questões sobre se os dois atores podem superar reputações manchadas.

O veredicto proferido nesta quarta-feira (1º), na Virgínia (EUA), concluiu que Depp havia sido difamado por três declarações em um artigo escrito por Heard, na qual ela disse ser uma vítima de abuso. O júri lhe concedeu mais de 10 milhões de dólares. Mas os jurados também concluíram que Heard foi difamada por um advogado de Depp que a acusou de criar um boato detalhado em torno das alegações de abuso. Ela recebeu 2 milhões de dólares.

Depp esperava que o processo de calúnia ajudasse a restaurar sua reputação. No entanto, especialistas em direito e entretenimento disseram que a reputação de ambos os atores foi prejudicada por detalhes ruins sobre seu breve casamento que surgiram durante o julgamento transmitido por televisão e assistido por milhões de pessoas.

"Ambos trabalharão novamente, mas acho que levará um tempo até que um grande estúdio os considere 'seguros' o suficiente para apostar", disse o ex-advogado de entretenimento Matthew Belloni, que escreve sobre os negócios de Hollywood para o boletim Puck. "A bagagem pessoal que foi revelada neste julgamento foi nojenta demais para um estúdio querer lidar com ela".

O caso cativou os espectadores que assistiram à cobertura televisiva do início ao fim, incluindo seguidores apaixonados nas mídias sociais que dissecaram os maneirismos dos atores, suas escolhas de guarda-roupa e seu uso de álcool e drogas.

Ambos os atores emergem com perspectivas pouco claras para suas carreiras. Depp, três vezes indicado ao Oscar de Melhor Ator, foi uma estrela milionária até os últimos anos, com créditos incluindo a interpretação do Capitão Jack Sparrow nos filmes Piratas do Caribe. No entanto, ele perdeu esse papel e foi substituído no spinoff Fantastic Beasts.

A carreira de atriz de Heard tem sido mais modesta, e seus únicos dois próximos papéis estão em um pequeno filme e na próxima sequência de Aquaman que devem sair no próximo ano.

Sem vencedores

Eric Rose, um especialista em gestão de crises e comunicação de Los Angeles (EUA), chamou o julgamento de "clássico assassinato seguido de suicídio", em termos de danos às duas carreiras. "De uma perspectiva de gestão de reputação, não pode haver vencedores", disse ele. "Eles se ensanguentaram um ao outro. Agora se torna mais difícil para os estúdios contratar um ou outro ator porque você está potencialmente rejeitando um grande segmento de seu público que pode não gostar do fato de ter escolhido Johnny ou Amber para um projeto específico porque os sentimentos são tão fortes agora".

Heard, que compareceu ao tribunal na quarta-feira e foi impassível enquanto o veredicto era lido, disse estar de coração partido pelo que ela descreveu como um revés para as mulheres em geral. "Estou ainda mais decepcionada com o que este veredicto significa para outras mulheres. É um contratempo. Faz o relógio retroceder para uma época em que uma mulher que falou e se exprimiu poderia ser humilhada publicamente. Isso atrasa a ideia de que a violência contra as mulheres deve ser levada a sério", disse ela em uma declaração publicada em sua conta no Twitter.

Depp, que não estava no tribunal na quarta-feira, disse: "o júri me deu minha vida de volta". "Espero que minha busca para que a verdade seja dita tenha ajudado outros, homens ou mulheres, que se encontraram na minha situação, e que aqueles que os apoiam nunca desistam", disse ele em uma declaração postada na Instagram.

Depp processou Heard por calúnia no Tribunal do Condado de Fairfax (EUA) por conta do artigo de dezembro de 2018 que ela escreveu no The Washington Post descrevendo-se como "uma figura pública representando o abuso doméstico". O ensaio nunca mencionou seu nome.

O júri decidiu a favor do Depp em todas as três de suas reivindicações relativas a declarações específicas na peça.

Ao avaliar os pedidos de Heard, os jurados consideraram três declarações de um advogado de Depp que chamou suas alegações de falsas. Eles decidiram que ela foi difamada por um deles, no qual o advogado alegou que ela e seus amigos "entornaram um pouco de vinho e reviraram o local, contaram suas histórias", e chamaram a polícia.

Enquanto o caso era ostensivamente sobre calúnia, a maioria dos depoimentos se concentrava em saber se Heard tinha sido abusada física e sexualmente, como ela alegava. Heard enumerou mais de uma dúzia de supostos abusos, incluindo uma briga na Austrália — onde Depp estava filmando uma sequência de Piratas do Caribe — na qual ele perdeu a ponta de seu dedo médio e Heard disse que ela foi agredida sexualmente com uma garrafa.

Depp disse que ele nunca bateu em Heard e que era ela a agressora, embora os advogados de Heard tenham destacado mensagens de texto antigas de Depp pedindo desculpas a Heard por seu comportamento, bem como mensagens que ele enviou a um amigo em que Depp disse que queria matar Heard e sujar seu cadáver.

Brett Ward, advogado de direito de em Nova York, disse que Depp se tornou uma testemunha mais confiável ao admitir o uso de drogas e álcool e que ele poderia ser uma pessoa difícil. Mas ele disse que o ator também correu o risco de tornar esses momentos mais memoráveis para o público do que seu trabalho cinematográfico.

"Ele diz que fez isso por seus filhos. Tendo assistido a todo o julgamento, acho que ele não prestou nenhum serviço a seus filhos ao lavar toda essa roupa suja", disse Ward em uma entrevista.

"Mas se isto valeu a para Johnny Depp, saberemos daqui a cinco anos se ele se restabelecer como um ator de Hollywood de lista A. E se ele não o fizer? Acho que ele cometeu um erro terrível porque a maioria das pessoas não vai se lembrar de sua distinta carreira em Hollywood. Eles vão se lembrar deste julgamento".

Veja também

Segundo imprensa espanhola, jogador usa toxina butolínica para aumentar o tamanho do seu órgão sexual

Últimas notícias