Após ser acusado de estupro e agressão por Duda Reis, Nego do Borel desiste de processá-la

Nego do Borel e Duda Reis terminaram o relacionamento em dezembro de 2020
| 07/02/2022
- 15:35
Após o término
Após o término, a influencer registrou um boletim de ocorrência contra o cantor - (Foto: Reprodução)

O cantor , funkeiro e ex-participante de "A Fazenda", desistiu de um processo por danos morais que movia contra sua ex-namorada Duda Reis, de quem se separou em dezembro de 2020.

A pedido da defesa do cantor, o caso foi extinto pela Justiça do Rio de Janeiro, conforme sentença obtida pelo Daniel Castro. O artista pedia uma indenização de R$ 45 mil após ser acusado de estupro e agressão pela ex-noiva.

"Considerando-se que a parte ré [Duda Reis] ainda não foi citada na presente demanda, homologo, para que surta os devidos e legais efeitos, a desistência manifestada pela parte autora, julgando extinto o processo sem resolução de mérito", diz o documento assinado pelo juiz Mario Cunha Olinto Filho, no dia 27 de janeiro.

"Certificado o trânsito em julgado e a inexistência de custas a serem recolhidas, promova-se a baixa e o arquivamento dos autos", diz a decisão, informando que não há gastos com honorários a serem ressarcidos e solicitando o arquivamento da ação.

Duda Reis e Nego do Borel namoraram por cerca de três anos, quando, após o fim da relação, ela descobriu traições do funkeiro. Depois do término, Duda o acusou de estupro, ameaça, agressão, transmissão de HPV e violência doméstica.

Diante disso, Nego registrou uma queixa por injúria, calúnia e difamação e acionou a Justiça contra a influencer, pedindo uma indenização de R$ 45 mil por danos morais, mas agora acaba de desistir do processo.

Veja também

O disco já está nas plataformas digitais desde sexta-feira, 24, e saiu também no formato físico, em CD

Últimas notícias