Nicole Bahls participou do “Papo de Rainha”, nesta quinta-feira (23), com a rainha de bateria da Beija-Flor, Raissa. A musa agradeceu a oportunidade de ter passado pelo programa “Pânico” e chamou a amiga Sabrina Sato de fada madrinha.

“Eu sou muito grata ao Pânico, foi um dos primeiros a me dar oportunidade. Se graças a Deus eu trabalho até hoje foi graças a Ele (programa pânico), as portas se abriram depois do Pânico. Devo muito ao Pânico”, afirmou Nicole.

A modelo atuou como Panicat, repórter e também apresentadora, chegando a dividir o sofá com Sabrina Sato, a quem Bahls foi só elogios.

“Quando o Pânico migrou para Band, eu fui umas das panicats que ficaram para trás, acho que só foi a Babi para Band. A gente tinha um contratinho com a Rede TV, ficamos amarradas e não podíamos acompanhar o Pânico na Band. Todo mundo que não foi ficou bem tristinho mas entendia que era por causa de contrato. Mas nisto surgiu a oportunidade de eu ir para A Fazenda e quando eu sai o Pânico me deu a oportunidade de voltar, porque já tinham desenrolado o contrato com a Rede TV, com a ajuda da Sabrina. A Sabrina é uma fada madrinha na minha vida. Ela era a única pessoa que sentava no sofá, foi uma oportunidade dada graças a ela. A Sabrina sempre foi muito segura de si, nunca se incomodou com ninguém, pelo contrário, ela recebe com muito carinho, com muito amor e faz questão de dividir. É muito generosa”, ressaltou a apresentadora.