MidiaMAIS / Famosos

Famosos levam livros às urnas como forma de protesto

Os atores e personalidades compartilharam a campanha com títulos de livros diferentes. Entre as publicações estão Machado de Assis, Conceição Evaristo e Renata Souza.

Carlos Yukio Publicado em 28/10/2018, às 16h15

None
Famosos levam livros às urnas como protesto

Parte da classe artística do Brasil se mobilizou neste domingo (28) aderindo ao movimento “Vote com um livro na mão”. Os atores e personalidades compartilharam a campanha com títulos de livros diferentes. Entre as publicações estão Machado de Assis, Conceição Evaristo e Renata Souza. O ato foi sugerido pela atriz Elisa Lucinda, durante a campanha, na quarta-feira (24): “No domingo vamos votar com um livro”, pediu.

Entre os famosos estão o ator Hugo Moura postou uma foto em que aparece ao lado da mulher, Deborah Secco, e a filha deles, Maria Flor, de 2 anos. Cada um exibe em suas mãos um título diferente.

A série de contos de Nelson Rodrigues “A vida como ela é…em 100 inéditos” foi a escolha da atriz para acompalhá-la na sua zona eleitoral neste segundo turno. Já o marido optou por levar uma obra da escritora paulista Hilda Hilst, que foi a autora homenageada da edição de 2018 da Festa Literária Internacional de Paraty.

O ator Bruno Gagliasso também usou o Instagram para mostrar a seus seguidores o livro que levou ao local de votação: “O ódio que você semeia”, escrito pela americana Angie Thomas. A obra conta a história de Starr, uma adolescente que viu um policial matar um de seus amigos de infância, que não estava armado e não apresentava uma ameaça, e precisa lidar com o fato de ter sido a única testemunha do fato.

A atriz Letícia Colin, que interpreta Rosa na novela Segundo Sol, levou para as urnas o livro “Insubmissas Lágrimas de Mulheres”, de Conceição Evaristo. Já o marido, Michel Melamed, optou por “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis.

View this post on Instagram

Votado ❤️

A post shared by Leticia Colin (@leticiacolin) on

Taís Araújo diz votar com um livro em mãos para reiterar a importância da educação para a mudança do país. “Fui votar hoje com o livro que mais amo nas mãos, votei com orgulho e com a certeza que o que muda mesmo um país é a educação de seu povo”, escreveu a atriz e apresentadora do Popstar ao mostrar o livro “Um Defeito de Cor”, de Ana Maria Gonçalves.

Daniela Mercury levou o livro “Casamento Igualitário”, de Bruno Bimbi, acompanhada da esposa Malu Verçosa e de duas de suas filhas. “arte da minha família! Faltam ainda 3 filhos e minhas duas netas. Aí estão minha esposa e duas das minhas filhas! Uma família com duas mães. Uma família com mães homossexuais. Só vejo amor! ❤️?”, escreveu a cantora.

A atriz Fernanda Paes Leme aderiu ao movimento com o livro “Persépolis”, de Marjane Satrapi com a legenda “Democraticamente a(r)mada ?”.

View this post on Instagram

Democraticamente a(r)mada ?

A post shared by Fernanda Paes Leme (@fepaesleme) on

Outras personalidades brasileiras, como Leticia Colin, Débora Falabella, Patricia Pillar e Camila Pitanga, também declararam o apoio ao candidato à Presidência da República Fernando Haddad:

View this post on Instagram

Pela Paz e pelo diálogo!

A post shared by Patricia Pillar (@patriciapillar) on

View this post on Instagram

Votado ❤️

A post shared by Leticia Colin (@leticiacolin) on

Jornal Midiamax